7 raças de cães SUPER independentes pra quem fica pouco tempo em casa


7 raças de cachorro que não se importam de ficarem sozinhos! Se você é daqueles que passa muito tempo fora de casa, eu vou te ajudar a escolher a raça mais indicada pra sua rotina!


Sua vida é muito corrida? Saiba que pra ter um cachorro, a escolha da raça faz toda a diferença se você fica pouco tempo em casa. Existem raças muito apegadas que vão sofrer bastante se ficarem muito tempo sozinhas, e nesse sofrimento tem latido excessivo que incomoda a vizinhança, tem bagunça dentro de casa, móveis estragados... Melhor escolher um raça ideal pra sua rotina não é mesmo?


Então, sem muita demora, vamos à lista das 7 raças de cachorro indicadas pra você que passa muito tempo fora de casa:


1) Chihuahua

Já ouviu falar de cachorro com dupla personalidade? Este é o Chihuahua! Apesar da fama de agressivo, esse doguinho é bastante pegajoso à família mas também é uma raça muito independente. Na escolha de um Chihuahua, eu recomendo que você adote outro doguinho pra que um faça companhia pro outro. Assim, você vai ter um Chihuahua muito mais feliz e menos agressivo. Uma curiosidade, os Chihuahuas são um dos menores e mais longevos doguinhos da lista, podendo viver até 18 anos. Ótimos para apartamentos e excelentes cães de guarda.


2) Basset

A racinha mais preguiçosa desta lista só quer saber de tirar muitas sonecas. O Basset adora crianças, é super familiar e um caçador de insetos de primeira! Com essas características, o Basset vai ficar bem calminho enquanto estiver sozinho, e a tendência é que ele fique ainda mais sossegado quando envelhecer.


3) Maltês

Essa fofura toda assusta muito tutor que tem medo de alergias e pelos espalhados pela casa. Mas com o Maltês você pode ficar sossegado, porque ele não causa alergias e o pelinho dele cai bem pouco. Há quem diga que alguns malteses sofrem de ansiedade de separação, mas no geral eles se viram bem sozinhos. O que você precisa é de preparar uma bela recepção pra ele quando chegar em casa e dar bastante atenção nos momentos juntos.


Conteúdo também disponível em vídeo. Assista:




4) Buldogue Francês

Outro dorminhoco da lista é o Buldogue Francês. Essa raça é de pouca atividade e não pede tanta atenção, ou seja, se vira muito bem sozinho e não se importa em passar o dia cochilando enquanto espera você chegar do trabalho. O Bulldog Francês é um cão de companhia e seu tamanho é ideal para apartamentos e pequenas residências. Algumas caminhadas por dia são suficientes para manter seu francês saudável e feliz.


5) Lhasa Apso

Ao contrário do que você pode estar imaginando, o Lhasa não sofre de ansiedade de separação, porque é um doguinho super independente. Como muitos outros cães pequenos, esta raça se dá bem em um ambiente de apartamento e não se importa em ser deixada em casa por muito tempo. Ele gosta de se virar sozinho e isso pode exigir um adestramento pra facilitar a rotina com ele.


6) Show Show

Essa raça reservada e independente vem ao dono quando ele quer um pouco de amor e vai embora quando termina. Isso o torna perfeito para uma casa com proprietários que não estão sempre por perto. Eles são extremamente leais à família e precisam ser bem socializados desde cedo. Eles se dão bem em apartamentos, pois não precisam de muito exercício, mas o passeio pelo menos uma vez por dia é indispensável.


7) Pug

Nosso último doguinho da lista dos independentes é um viciado em televisão consumado! O Pug geralmente tem pouca ansiedade, e é muito preguiçoso, sendo assim uma excelente opção de doguinho com baixa ansiedade de separação, pois as chances são de que, quando você chegar em casa, ele esteja no sofá exatamente onde você o deixou.


Essas são as 7 raças que eu indico hoje pra você que tem pouco tempo pra brincar com seu doguinho! Uma dica pra distrair seu cachorro é sempre deixar brinquedos e atrativos pra ele ter o que fazer no tempo que fica sozinho, então, tenha sempre pra oferecer pra ele alimentos de roer como:


- Orelha, chifres, cascos e também osso bovino arredondado, que deve ir ao freezer por algumas para matar possíveis bactérias.

- Ossos e brinquedos de nylon também ajudam bastante a curar o tédio dos doguinhos solitários.


Clique aqui e veja as sugestões de brinquedos que eu recomendo para seu cachorro e compre com desconto.


E você? Tem alguma dica pra distrair seu cãozinho? Conta pra gente aqui nos comentários!


Antes de encerrar é importante dizer que ficar sozinho numa boa é uma habilidade que qualquer raça de cachorro pode aprender. Enquanto você estiver em casa, estimule que seu cachorro faça algumas coisas sozinho. Uma boa tática é ofertar alimentos e brinquedos e sair de perto do cachorro, e sempre que ele responder ao comando, mostre que ficou satisfeito, e repita o comando sempre que possível, pra que ele aprenda a viver sozinho com qualidade.